6

Aguardando o Irma | O Que Aprendi Sobre Como me Proteger de um Furacão

Duas consequências de mudar para os Estados Unidos é ter que conviver com Desastres Naturais, e aprender a se preparar para eles. Sejam tornados, terremotos, tempestades ou furacões, aqui eles acontecem com uma frequência assustadora para quem morou a vida toda no Brasil, pacato neste aspecto.

Não foi opcional. Tive que aprender como me proteger de um furacão.

Furacão

Na prática, ainda não havíamos passado por qualquer risco real, apenas algumas situações em que recebemos alertas de possíveis tempestades. Agora é diferente, o furacão Irma já passou pelo Caribe destruindo e matando pessoas. Chegará amanhã na Flórida, e em seguida subirá para a Geórgia, onde moramos.

O tempo é curto, os preparativos têm que ser feitos o quanto antes. Então vou ser bem direta e listar o que pode ser feito para se preparar para a passagem de um furacão.

O pós furacão pode ser a pior parte: falta de energia, água potável, falta de acesso… Portanto, considere a possibilidade de ter que ficar de 3 a 7 dias em isolamento.

Lembrete: suprimentos para 7 dias

1. Estoque de comida não perecível

* Enlatados (lembre-se do abridor de latas)
* Alimentos que não necessitem de fogão (é possível que haja falta de eletricidade e gás, após a passagem do furacão)
* Pense também nas necessidades específicas de bebês, idosos, pessoas das família que tenham restrições alimentares.
* Se você tiver animais de estimação, considere sua alimentação também.

2. Estoque de água

Garrafas de água

O indicado é calcular 1 galão (equivalente a 3,8 litros), por pessoa, por dia.

Água para beber e para higiene.

3. Kit de Emergência

Primeiros Socorros

* Medicamentos prescritos
* Primeiros Socorros
* Apito para o caso de necessitar pedir ajuda
* Repelente contra mosquitos
* Álcool desinfetante
* Lanterna e Rádio a pilhas
* Bateria extra carregada para celulares
* Máscaras para ajudar a filtrar ar contaminado
* Produtos de Higiene Pessoal
* Lenços umedecidos, sacos de lixo e amarrações plásticas, para higiene pessoal
* Chave inglesa e/ou Alicate para desligar os serviços de utilidade pública
* Mapas locais

4. Anote os números de telefones importantes

Números de Telefones

Faça isto em um papel.

Assim você ainda terá a possibilidade de se comunicar com seus contatos de maior prioridade, mesmo que a bateria de seu celular acabe.

5. Separe os Documentos importantes

Passaportes, green cards, vistos, certidões de nascimento e casamento, contratos são exemplos de documentos que você vai querer proteger.

Coloque-os dentro de plásticos fechados e, idealmente, feche-os num cofre portátil. Veja tipo que utilizamos neste POST.

6. Abasteça seu(s) carro(s)

Posto de gasolina

Se você for evacuar, lembre-se que se muitos outros estiverem fazendo o mesmo movimento (como está acontecendo com os moradores da Flórida), haverá riscos de desabastecimento nos postos de gasolina.

É prudente (se isto for permitido em seu estado) levar combustível extra em um recipiente apropriado.

7. Janelas e móveis da casa

Cubra as janelas com “hurricane shutters” para protegê-las dos ventos.

Outra opção é cobrir com tábuas de “marine pre-cut plywood”.

Traga para dentro de casa todos os móveis de jardim, decorações, lixeiras e qualquer outro item que não esteja amarrado ou fixado.

8. Vá para um abrigo (shelter) caso seja mais seguro que sua casa

Se sua área estiver em perigo, as autoridades locais vão orientar a evacuar.

Caso você não tenha outra opção segura, informe-se onde há abrigos disponíveis.

Lembre-se que os “shelters” oferecem o espaço, mas você tem que levar seus suprimentos, medicamentos, roupas, sleeping bags.

Tenha em mente que se você levar itens muito grandes (como camas king size, por exemplo), você estará ocupando um espaço que poderia ser utilizado por outras pessoas em necessidade de abrigo.

Seja consciente e pense coletivamente.

9. Se não for possível evacuar…

* Permaneça dentro de casa durante o furacão, LONGE de janelas e portas de vidro.
* Feche todas as portas internas. Tranque e reforce todas as portas externas.
* Refugie-se em um quarto interior, closet ou corredor no nível mais baixo da casa. Esteja preparado para subir para um andar superior caso haja alagamento.

10. Após o furacão

Radio

* Fique atento às notícias no rádio, TV e internet (se disponível) com as instruções oficiais.
* Atenção para a possibilidade de Tornados e Alagamentos.
* Permaneça longe de cabos de energia rompidos.
* No caso de ter evacuado, só retorne à sua casa APÓS ter a confirmação das autoridades de que é seguro. Alguns perigos podem incluir pontes danificadas, prédios com estrutura abalada e água contaminada.

Estas são as ações e informações que considero importantes para qualquer pessoa se preparar para a passagem de um furacão.

Além disso, só oração.

Você tem alguma outra sugestão? Já passou por algo assim antes? Use o espaço para comentários abaixo para contar um pouco sobre sua experiência.

P.S. Para ficar sabendo dos Posts mais recentes aqui no DescobriNaAmerica, curta a minha página no Facebook (veja a indicação no canto superior ou mais para baixo desta página). Você será avisado em primeira mão.

Que Deus abençoe e proteja a todos que estão no caminho do Irma.

Até breve,

Assinatura Eliane

 

 

 

Eliane Lima

6 Comments

  1. Estou rezando por vocês e por todas as familias que estão nesta agonia. Torcendo muito para que tudo acabe bem. Mande noticias! Bjs

    • Obrigada, Andrea!
      Estamos bem, graças a Deus. Obrigada pela preocupação.
      O bom de aprender detalhes de como se proteger de um furacão é que, além de tudo, ficamos com uma sensação de maior tranquilidade, de que fizemos todo o possível.
      Agora é aguardar a passagem dele e ver com que força virá.
      Beijos!

  2. Eliane, I am glad that you are fine and made it through Hurricane Irma. What a horrendous one too! I live in Kentucky, USA and do not have to worry about hurricanes, but tornadoes are possible. I would never have thought about some of the items that you suggested for the emergency kit. Such as the Whistle to call for help and masks for contaminated air, and maps.

    Those are all so important when everything is shut down and you don’t know what to expect. I hope that many other people who rode out the storm thought of such things as you did. It is so scary to think about what people are going through now after the storm.

    All the best to you!
    Donna

    • Hi, Donna.

      Thanks for your kind words.

      We’re fine, thank God. I’m so grateful to be in a position to be able to look back and do an aftermath, as you can read on this POST.

      As a Brazilian, I’m not used to tornadoes, hurricanes or even storms. So I had to research what are the appropriate measures to keep my family and myself safe from this hurricane: whistles, masks, food and water storage, window shutters and so on.

      Thank God it all worked out just fine.

      Thanks again and all the best.
      Eliane

      IN PORTUGUESE:

      Olá, Donna.

      Obrigada por suas palavras.

      Nós estamos bem, graças a Deus. Sou muito grata por estar em uma posição em que posso olhar para trás e fazer um balanço pós-Irma, como você pode ler neste POST.

      Como brasileira, não estou acostumada a tornados, furacões, ou mesmo tempestades. Portanto, eu tive que pesquisar quais as medidas mais apropriadas para manter minha
      família e a mim, em segurança com a chegada deste furacão: apitos, máscaras, estoque de comida e água, proteção de janelas etc.

      Graças a Deus, deu tudo certo.

      Obrigada novamente e tudo de bom.
      Eliane

  3. Excellent article with exceptionally simple practical advice for those facing a hurricane disaster very soon. My heart goes out to those who got the brunt of Irma, especially people in the caribbean that endured the worst of it. By the time it got to us in the midwest (I’m in Ohio) it was downgraded to heavy drizzle.

    This post is detailed and practical for immediate preparation. Thanks for the clear advice.

    • Hi, Steve.

      Thank God that Irma is gone and we can now go on with our lives. Some are now facing a tough road ahead, and my prayers are with them.

      We were blessed with just a Tropical Storm, which wasn’t too bad. Check this POST with the lessons I learned with Hurricane Irma.

      I’m not a pessimist, but one thing I learned from this experience is that we need to be prepared for the worst (evacuation plan, food and water storage, emergency kit etc) and never underestimate a hurricane. Everything can change in just a few hours.

      If nothing bad happens, great! But if we have to face the worst, then we’ll have the best chances of surviving.

      Thanks for stopping by.
      All the best.

      IN PORTUGUESE:
      Oi, Steve.

      Graças a Deus, o Irma já passou e agora podemos continuar nossas vidas. Alguns estão agora tendo que lidar com muitas dificultadas, e minhas orações estão com eles.

      Nós fomos abençoados com apenas uma Tempestade Tropical, que não foi tão ruim assim. Veja neste POST as lições que aprendi com o Furacão Irma.

      Não sou pessimista, mas uma coisa que aprendi com esta experiência é que precisamos nos preparar para o pior (plano de evacuação, estoque de comida e água, kit de emergência, etc) e nunca subestimar um furacão. Tudo pode mudar em apenas algumas horas.

      Se nada de ruim acontecer, ótimo! Mas se tivermos que enfrentar o pior, então teremos as melhores chances de sobreviver.

      Obrigada por passar por aqui.
      Tudo de bom!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *